• comida do amanhã

Explicando a Reunião de Cúpula da ONU sobre Sistemas Alimentares 2021.

Atualizado: 8 de jun. de 2021



1. A agenda.


Fome, diferentes níveis de insegurança alimentar, má nutrição, sobrepeso, obesidade, doenças crônicas não transmissíveis, desigualdades sociais, desperdício alimentar, destruição do meio ambiente e aquecimento global: as formas como produzimos, distribuímos e consumimos alimentos atualmente têm diversos impactos negativos para a vida no planeta como um todo, o que também significa que transformar nosso sistema alimentar seria a forma mais abrangente de abordar todas estas questões e alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, definidos pelas Nações Unidas em 2015 com metas a serem alcançadas até 2030 (“Agenda 2030”).


Reconhecendo esta transformação como parte crucial para o cumprimento da Agenda 2030, António Guterres (atual Secretário Geral da ONU) anunciou no Dia Mundial da Alimentação (16/10/2019) a criação de uma Reunião de Cúpula dos Sistemas Alimentares, que ocorrerá em setembro de 2021 em Nova York. O anúncio ocorreu após debates entre a Organização da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Programa Mundial de Alimentos (WFP) no Fórum Político entre Especialistas de Alto Nível (HLPF) de 2019.


  • O que é uma Reunião de Cúpula da ONU?

Uma “Reunião de Cúpula” consiste no encontro entre altas autoridades de vários países para discutir e apresentar propostas sobre um determinado tema às Nações Unidas. A ONU realiza diversas Reuniões de Cúpula ao longo dos anos sobre diferentes tópicos importantes para a sociedade como clima, biodiversi