JOSÉ GRAZIANO DA SILVA

artigos, notícias, entrevistas e publicações

Coletamos e disponibilizamos algumas das principais contribuições do Professor José Graziano da Silva, nosso special advisor, para o debate sobre sistemas alimentares saudáveis e sustentáveis nos últimos anos, com mais enfoque na sua atuação desde 2019.

 

Não se tratando de uma cobertura completa de todos os seus conteúdos, deixamos o convite a se aprofundar nas suas publicações, nos materiais desenvolvidos durante a sua liderança na FAO e todas as demais participações e contribuições que segue trazendo em diversos canais e com diversas instituições e eventos.

Não se combate a fome dizendo que ela não existe. Tem que ter uma política ativa de combate à fome, tem que ser parte das preocupações centrais.

José Graziano da Silva

Picking vegetal

Entrevistas e palestras

Conteúdos e artigos

Sobre o Professor José Graziano da Silva

José Graziano da Silva é engenheiro agrônomo e mestre em Economia e Sociologia Rural pela Universidade de São Paulo (USP). Doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde lecionou por mais de 30 anos, pós doutor pela Universidade de Londres e em Estudos Latino-Americanos e Estudos Ambientais pela Universidade da Califórnia. Acumulou diversos prêmios acadêmicos: Doutor Honoris Causa em 10 Universidades de 12 países diferentes, entre outros títulos.

 

Em 2001, coordenou a formulação do Programa Fome Zero e em 2003 assumiu o Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à fome durante o primeiro governo de Luiz Inácio Lula da Silva, onde implementou o Programa. Após pouco mais de um ano, em 2004, tornou-se Assessor Especial da Presidência da República.

 

Em 2006, tornou-se representante regional da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) para a América Latina e Caribe.

Em junho de 2011, foi eleito diretor-geral da FAO, cumprindo seu primeiro mandato à frente da Organização até meados de 2015, quando foi reconduzido ao cargo, como candidato único, para um segundo e último mandato de mais quatro anos (até julho de 2019). Desde 2019, é senior advisor no Instituto Comida do Amanhã.