• comida do amanhã

“O retorno do Brasil ao Mapa da Fome é inaceitável.”

Atualizado: 18 de set. de 2020


“O retorno do Brasil ao Mapa da Fome é inaceitável”

Instituto Comida do Amanhã e Professor José Graziano da Silva

O ex-diretor geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), Professor José Graziano da Silva, e o Instituto Comida do Amanhã, think tank que trabalha para a promoção de alimentares saudáveis e sustentáveis, manifestam preocupação, repúdio e indignação pelo retorno da fome como problema estrutural no país.


Como foi amplamente divulgado, os resultados da Pesquisa do Orçamento das Famílias (POF) do IBGE, realizada de junho de 2017 a julho de 2018, apontaram que a fome (insegurança alimentar grave) atingiu mais de 10 milhões de brasileiros nesse período - representando uma fatia de quase 5% da população de nosso país.