Bolsonaro deixou país vulnerável à fome e "preço será alto" na pandemia, diz Graziano

Brasil de fato